Parlamentares debatem sobre educação após Sessão Solene

Alguns vereadores pediram que a justiça se mantenha favorável ao pagamento dos precatórios do Fundef

img
14 de junho de 2019 SAULO
A vigésima segunda Sessão Ordinária da Câmara Municipal, aconteceu na última quinta-feira, 13 de junho. Sem participação na Tribuna Livre, o Grande Expediente foi iniciado pelo Vereador José Arimateia de Brito. Ele começou sua fala retratando o cenário político local. Em seu discurso Arimateia falou que não tem a intenção de se candidatar a prefeitura no ano que vem. Apesar de seu nome aparecer em algumas pesquisas informais, ele declarou estar satisfeito com o gestor atual. Para Brito, a cidade e a Câmara estão avançando e é necessário que os recursos sejam aplicados em retorno para o povo. "Eu vejo todos os Vereadores unidos para fazer a diferença e trabalhando em prol do povo", afirmou.

O vereador disse que segue trabalhando e atendendo a diversas demandas. Um pedido seu foi a reconstrução da estrada da Faceira ao Espinho. Além desse local, ele citou que as estradas da Gangorra, Malhada, Anigas, sejam executadas com qualidade. Em sua fala, Arimateia também parabenizou o Deputado Adail Carneiro por investir na cidade e por ajudar a conseguir o micro-ônibus que comporta 21 passageiros e desloca a população até Fortaleza para realizar tratamento médico.

O segundo parmentar a subir na tribuna foi Chico Baltazar. Ele iniciou destacando o IV INOVO. A Feira da Agricultura Familiar que aconteceu na comunidade do Cabeça da Vaca, Distrito Bixopá. O evento contou com a participação de diversos produtores, comerciantes e consumidores de produtos da Avicultura do Vale do Jaguaribe.

Chico em sua fala, ressaltou a importância do evento e a necessidade de se implementar políticas públicas para o homem do campo. "Precisamos incentivar e motivar a permanência do homem do campo. São essas atitudes que fazem as comunidades crescerem, mantendo o cidadão no campo, evitando o êxodo rural e assim, fortalecendo sua realidade com o semi-árido", reforçou.

Além disso, Chico cobrou o bebedouro do conjunto habitacional da Estrada das Flores. O vereador disse que é necessário resolver este problema para que a população consuma água de melhor qualidade. Ele disse que irá cobrar essa solicitação da comunidade junto ao Secretário de Saúde, Júnior Ibiapina.

Darlyson de Lima, subiu ao palanque agradecendo a gratidão da Comunidade do KM60. Ele participu da entrega do consultório odontológico. Paxá, disse que é muito cobrado por uma internet de qualidade na Chapada do Apodi. Devido isso, em um de seus encontros com o Prefeito, deu a sugestão ao Gestor para fazer um convênio de parceria público-privado com uma empresa para que o sinal da torre possa ser ampliado, facilitando o acesso à internet na região.

"Fiquei muito feliz de coração pela sessão solene em homenagem aos Professores do município. Essa ideia surgiu de um requerimento meu e do Professor Washington à Câmara Municipal. Foi um momento único! Parabens a Presidente da Casa e a todos os funcionários pela organização desse evento. Eu me sinto feliz em ver os professores recebendo esse certificado. Vocês fazem um grande trabalho", declarou Paxá na tribuna falando a respeito da Sessão Solene.

Já o vereador Heraldo Holanda disse que a cidade passou por duas crises momentâneas: a crise política geral e a crise hídrica. O vereador destacou que se faz necessário implantar o Plano Nacional de Desenvolvimento Agrário. Heraldo ainda cobrou ações do Governo do Estado para que as obras do aterro sanitário sejam concluídas. O parlamentar disse que ultimamente todos os vereadores trabalharam em prol de acabar com a fumaça que estava agravando a população que mora ao redor desse local, mas um paliativo resolveu. "Foi colocado um trator de esteira no local e foi solucionado o problema", disse.

Em seu pronunciamento, Holanda também se mostrou a favor do pagamento dos precatórios. Ele disse que sempre quando está reunido com o prefeito reforça a importãncia do pagamento dos precatórios, juntamente com outros vereadores.

Já em sua fala, a vereadora Lívia Maia disse que esteve em reunião com o Secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque, e que uma nova empresa está em processo licitatório para a resolução do consórcio dos resíduos sólidos. A antiga empresa foi embora, mas uma nova empresa estará a frente para resolver o problema do lixão. Além disso, o Hospital Regional também esteve na pauta da reunião. Segundo Lívia, as empresas que ganharam a licitação estão pedindo um reajuste e o Governo não tem como assumir este compromisso. O que foi combinado e licitado é o que está sendo pago. A situação continua em negociação e o secretário pediu paciência a população para que chegasse a conclusão dessa obra.

Lívia também elencou os casos de raiva no município por meio de dados da Secretaria de Saúde do Estado. "Temos números alarmantes. Foram dignosticados um cão, uma raposa e catorze morcegos. Temos que ficar alertas a esses números", disse. Além disso, a vereadora também cobrou o pagamento dos precatórios, afirmando que é um direito dos professores esse recebimento.

Logo após, o vereador José Valdir da Silva, o Valdir do Suburbão, também deu destaque a educação. Ele ressaltou a vitória no SPAECE das escolas das comunidades Sucupira, Tomé e KM60. Valdir disse que as crianças é quem os representarão no futuro. O parlamentar também cobrou os 60% do Fundef. Segundo ele é preciso contribuir para que os servidores cobrem do prefeito, por meio do seu sindicato.

Valdir também se pronunciou acerca da saúde. Disse que se reuniu com o Secretário de Saúde e foi feito um calendário para os atendimentos odontológicos."Na próxima semana todos os dias terão atendimentos no Tomé. Depois seguirá para a Cabeça de Santa Cruz e depois na comunidade do Cabeça Preta, fazendo um rodízio. Serão mais dias nessa comunidade, pois ela é a maior da região", afirmou.

Em seguida, o vereador Flauber cobrou ações para a cultura e juventude. Como presidente de quadrilha Junina, o parlamenar disse que os investimentos são poucos e não contemplam o orçamento necessário. Além disso, Flauber elencou diversas ações que foram prometidas pelo prefeito na Cidade Alta e não foram cumpridas. Segundo ele faltam médicos,a UPA do bairro não foi construída e faltam investimentos em lazer para comunidade.

A vereadora Anginha em sua fala salientou a Ação Cívica ocorrida na última terça-feira, dia 11 de junho. Este evento foi uma parceria da Prefeitura e do Exército Brasileiro, e realizou mais de 330 atendimentos médicos de diversas especialidades, beneficiando os limoeirenses. Além disso, a Presidente disse que teve uma reunião com moradores do Conjunto Habitar Brasil que solicitaram iluminação, estradas e saneamento.

A Ordem do dia abrangeu mais de 20 votações em projetos aprovados. Devido o feriado, a próxima sessão será realizada na proxima quarta-feira, dia 19 de junho.




Deixe o seu comentário

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Pouco insatisfeito

Neutro

Pouco satisfeito

Muito satisfeito